• Coluna de Maso Nyetto - 13 de março/2018

Coluna de Maso Nyetto - 13 de março/2018

13 Mar, 2018 09:51:12 - Colunistas

 “Escolhi começar essa pré-campanha pela minha região, onde tive a oportunidade de ser deputado estadual na década de 1960. Quero apresentar uma proposta que possa defender o direito e as garantias dos trabalhadores. Acredito na força do PDT para embalar essa candidatura”. Manoel Dias, ex-Ministro do Trabalho e Emprego, anunciou a pré-candidatura a deputado federal pelo PDT.

O Partido do Socialismo e Liberdade (PSOL) de Içara (SC)

oficializou o nome do acadêmico de direito e presidente municipal da sigla, Max Amaral, como pré-candidato a deputado federal para as eleições deste ano. O partido também já começa a articular o nome do estudante como possível candidato ao governo de Içara (SC) em 2020. É o pré-candidato para pleitear uma vaga na Assembleia Legislativa, foi decidido pelo nome do fotógrafo e empresário Gilmar Bonifácio, mas conhecido como Axé. 

Amaral, que foi lançado na política pelo prefeito Murialdo Gastaldon (MDB), quando ainda estava no Partido dos Trabalhadores, está sendo processado por danos morais pelo chefe do Executivo por questionar o Governo Ficha Limpa.

Empresa vencedora
do processo licitatório para exploração do estacionamento rotativo em Içara (SC) deve iniciar o serviço durante a semana.

Em um primeiro momento a empresa vai dar prazo para adaptação dos motoristas e em seguida dará o início na cobrança. Serão 1.080 vagas ao custo de R$ 1,80 a hora.

Segundo a Secretaria de Planejamento e de Desenvolvimento Urbano os testes serão de 30 dias e iniciam no dia 15 de março. Após essa data será realizada a cobrança pelo uso das vagas, pela empresa Serbet Sistema de Estacionamento Veicular do Brasil, de Joinville (SC).

Vamos aguardar para que a falta de vagas seja resolvida.

Luiz Fernando Cardoso (MDB)

popular Vampiro deixou a Secretaria do Departamento de Infraestrutura (Deinfra) e retorna a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).  Na última sexta-feira (9/3) ele apresentou o projeto de urbanização da alça viária entre a Rua João Zanette e o viaduto da Rodovia SC-445.

O contrato entre o Município de Içara e Casan

(Companhia Catarinense de Águas e Saneamento) expira neste ano. Com isso os vereadores da Comissão de Serviços Públicos iniciaram, uma série de visitas às cidades que são atendidas pela Casan e Samae (Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto). “A intenção é buscar informações para podermos iniciar o debate com a sociedade e a própria Casan, da renovação ou quem sabe a viabilidade do município em assumir os serviços de água e esgoto”, informou o Presidente da Comissão vereador Marcio Toretti (MDB). 

A cidade de Sombrio (SC) onde os serviços são realizados pela Samae foi à primeira cidade visitada pelos vereadores. Na oportunidade a comissão foi recebida pela Diretora do Samae, Ana Paula Medeiros, que explicou sobre as atividades da autarquia, onde o sistema de esgoto pode atender 60% dos moradores. “Em Sombrio a taxa do serviço de tratamento do esgoto é referente a 70% do valor pago pelo consumo de água”, explicou Medeiros. Em relação à distribuição de água, o município possui manancial próprio. “Realizaremos visitas em cidades onde a responsabilidade dos serviços é da Casan e também do município, para termos conhecimento sobre a melhor proposta para a cidade”, aponta Toretti. Participaram da visita os vereadores Silvia Mendes (PP), Antônio de Mello (MDB), Pedro Mazzuchetti (MDB)e Itamar da Silva (PP).

Frase
“Os delatores terão de fazer mais do que ‘apontar o dedo’ para Dilma Rousseff. Ambos terão de mostrar as provas do envolvimento direto dela em quaisquer irregularidades em disputas, concorrências ou licitações públicas. É um despautério que não tem qualquer amparo na realidade. A mentira será desmascarada”. (Ex-presidente Dilma Rousseff (PT/RS), sobre as denúncias de corrupção na usina de Belo Monte, no Pará).

Outras NOTÍCIAS

Criciúma (SC) - Os 50 anos de história da Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc), comemorados em 2018, serão motivo de homenagem na  Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc). Em 16 de abril, ocorrerá uma sessão especial para marcar a data da homenagem. 

Palhoça (SC) - Ministério Público de Santa Catarina pediu o bloqueio de R$ 48 milhões do ex-prefeito de Palhoça (SC), Ronério Heiderscheidt e de nove pessoas - agentes públicos e representantes das empresas SP Alimentação e Serviços e Geraldo Coan & Cia - por fraude à licitação. Cabe recurso.

Florianópolis (SC) -  Os ex-prefeitos Dionísio Pauli, Salézio Zimmermann e a servidora Márcia Neves de São Pedro de Alcântara (SC) foram condenados por improbidade administrativa em ação do Ministério Público. Em 2003 eles fraudaram a licitação para concessão de abastecimento de água.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


Cooperaliança