• Coluna de Maso Nyetto - 10 de julho/2018

Coluna de Maso Nyetto - 10 de julho/2018

10 Jul, 2018 09:58:14 - Colunistas

 “Alguns logradouros de Içara estão com a nomenclatura e localização errada na plataforma. Propusemos colocar nossa equipe e material a disposição para que o mapeamento possa ser corrigido”. Arnaldo Lodetti Júnior, secretário de Planejamento e Desenvolvimento Urbano, sobre a reunião com representante do Google Maps para solucionar problemas de localização no Município de Içara (SC).

A Administração Municipal de Içara (1)

contrariando a opinião da maioria dos içarenses e também não levando em conta o relatório da Comissão Permanente de Serviços Públicos  da Câmara Municipal o prefeito Murialdo Gastaldon (MDB), as pressas, assinou o contrato de renovação com a Companhia Catarinense de águas e Saneamento (Casan), pelo periodo de 30 anos.

O ex-petista havia afirmado na Audiência Pública, realizada no dia 29 de junho, que o debate será mantido, a partir de agora, com as entidades da cidade. Na última sexta-feira (6/7), Gastaldon chamou representantes da CDL, da ACI edo  Observatório Social, para comunicar a decisão do Governo de assinar contrato de programa com a Casan. Será que não houve questionamentos? 

As entidades deveriam cobrar o motivo da pressa se o contrato com a Casan vence somente em em 31 de dezembro de 2018. Bem estranha essa  antecipação.

Antônio de Mello (2)
vereador do MDB afirmou sobre a medida do prefeito. “E lamentável que a população de Içara tenha que pagar essa conta. Se os municípios onde existe Samae a tarifa é bem inferior, no mínimo o Executivo teria que negociar um preço diferente. Tinhamos até final de novembro para discutir a renovação e antecipação gera dúvidas.

O progressista Eduardo Zata (3)
também se manifestou. “Sou totalmente contrario a esse contrato,  o Casan esta na Içara nestes últimos 5 anos e oque fez? Se isso serve como um contrato de experiência como  pode ser dito, que se avalie oque foi feito, bem pouco né ou quase nada. Na verdade apenas levaram o dinheiro do nosso município. Na Câmara existe uma comissão de vereadores que visitaram diversas cidades do Estado e da nossa região, em diversos municípios o esgoto é tratado e a tarifa é bem mais barata que a proposta de Içara,  inclusive a taxa mínima de água e esgoto é menor do que é cobrado pela água em Içara. Isso é um absurdo, como posso ser favorável? E outra né, vivemos em uma democracia onde as coisas precisam ser melhores discutidas, que discussão teve para o prefeito ‘decretar’ esse projeto? A população não foi ouvida, infelizmente estamos ‘condenados’ por três décadas. Lamentavelmente”, finaliza Zata.

A vereadora Sílvia Mendes (4)
também é contra. “Como é que vão estar cobrando 100% do esgoto que não está nem funcionando e nem vai funcionar tão cedo. Primeiro de tudo deveria botar as coisas em funcionamento para depois fazer as cobranças, e passando esse período político, com certeza, vai ser cobrado 100% de esgoto. Como eu sempre falo, é um governo de pedaladas e de erros, o prefeito das taxas, vai ser sempre assim, o que é conveniente a ele. Não sei o que ele pensa, o bicho é louco”.

Comentário do vereador Márcio Realdo Toretti (5)
"Como presidente da Comissão Permanente de Serviços Públicos avalio que o  Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) seria viável, principalmente pela questão tarifária. Uma vez que todos os municípios que visitamos tem a taxa de água abaixo do proposto pela Casan, bem como a porcentagem cobrada na taxa de saneamento", explica o emedebista. Ele ainda acrescenta que os técnicos que auxiliaram na elaboração do projeto de Saneamento Básico, que está na Casa Legislativa, assinalaram, em conversa com os membros da comissão que Içara tem, sim, condições de ter água própria através de poços artesianos no Rio Linha Anta entre outros ponto. “A alternativa foi apresentada" conclui Toretti.

Rápidas
* Preocupado em sanar o problema de endreços errados o Governo de Içara (SC) se reuniu com representantes da empresa Google Services e de entidades comerciais para tratar sobre o mapeamento do município no serviço de pesquisa. 
* A Secretaria de Saúde do Município, em parceria com a Secretaria de Educação, está organizando durante este mês uma campanha educativa, para conscientizar os pais e responsáveis sobre a importância das vacinas.

* Até completar 15 meses de idade, um bebê precisa levado  pelos pais e responsáveis por pelo menos oito vezes na Unidades de Saúde, para proteger-se contra sarampo, caxumba, rubéola, paralisia infantil (poliomielite), entre outras doenças.

* Como tem pessoas cegas que enxergam apenas o que lhes convém. Um cargo político dura apenas quatro anos e o caráter e para toda vida. Se mais de 33% dos eleitores brasileiros apoiam a corrupção o que esperar das eleições de 2018.

*Decepcionado com o MDB o empresário Joelson Cardoso está fora da sigla. A ficha de desfiliação já foi entregue. Ele deve assinar ficha com o PDT de Manoel Dias. 

Outras NOTÍCIAS

Criciúma (SC) - O Colegiado de Procuradores da Amrec elegeu nova diretoria que será presidida por Ricardo Mello Filho, procurador de Nova Veneza (SC). A diretoria  conta com a representante de Criciúma (SC, Ana Cristina Youssef, de vice; e de Orleans (SC), Ederson Zanini e Mairon Orben, primeiro e segundo secretário, respectivamente.

Porto Alegre (RS) - O desembargador João Pedro Gebran Neto, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, sediado em Porto Alegre (RS), decidiu manter a decisão que impediu a soltura do ex-presidente Lula da Silva (PT/SP). Durante o plantão judiciário, Gebran, relator dos processos da Operação Lava Jato, cassou decisão do desembargador Rogério Favreto.

Brasília (DF) - Os deputados federais Paulo Teixeira (PT-SP), Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ), que entraram com o pedido de habeas corpus para que  Lula da Silva fosse solto, pretendem entrar com representação no Conselho Nacional de Justiça contra Sérgio Moro, para que apure "eventual falta funcional" do juiz da Lava Jato.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


Cooperaliança