• Coluna de Maso Nyetto - 05 de junho/2018

Coluna de Maso Nyetto - 05 de junho/2018

05 Jun, 2018 09:58:36 - Colunistas

 “Ficamos um pouco frustrado com o resultado da reunião, porém vamos continuar lutando por melhorias na segurança pública”. Vereador Antônio de Mello (MDB), sobre a reunião, em 23 de maio, em Florianópolis (SC), da comitiva içarense com o comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Carlos Alberto de Araújo Gomes Júnior, que tratou sobre  investimentos de recursos na segurança.

O Conselho de Administração da Cooperaliança

foi anfitrião na reunião mensal da Federação das Cooperativas de Energia e Desenvolvimento Rural de Santa Catarina (Fecoerusc) no dia 24 de maio. 

Os presidentes reuniram-se no Santuário Sagrado Coração Misericordioso de Jesus, no Bairro Morro Bonito, onde trocaram ideias e discutiram assuntos em comum. A intenção em receber as pessoas no local foi enaltecer o ponto turístico da cidade. 

“Todo mês nos encontramos em municípios diferentes e agora, quando tivemos a oportunidade de receber cada um aqui, pensamos em trazer até Santuário para que pudessem conhecer o lugar que é de Içara, mas envolve toda região e estado”, ressaltou o presidente Jorge Rodrigues sobre o complexo religioso que é o segundo maior de Santa Catarina.

A federação conta com 22 cooperativas filiadas, que realizam o serviço de distribuição, operação e manutenção de energia. “É uma honra poder sediar a reunião e mostrar as potencialidades de Içara, que hoje tem mais de 37 mil unidades consumidoras e representa tanto dentro desse contexto que é a Fecoerusc”, finalizou Rodrigues.

Em razão das dificuldades
de mobilidade enfrentadas pela população catarinense nos últimos dias, a Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive), prorrogou a campanha de vacinação contra a influenza (gripe) em Santa Catarina até o dia 8 de junho.

Uma nova viatura
será direcionada para a Guarnição Especial da Polícia Militar de Içara (Geic). 

A confirmação ocorreu em reunião entre vereadores Pedro Mazzuchetti e Antônio de Mello, ambos do MDB, com o comandante da 6ª Região da Polícia Militar, coronel Cosme Manique Barreto. 

A festa da Agromel
não estava apta para receber recursos do Ministério do Turismo, como vinha buscando o Governo Municipal de Içara (SC), desde que foi lançado em dezembro do ano passado.

Uma das condições para ter o recurso é que o evento tenha tido pelo menos três edições já realizadas que não é o caso da Agromel. Diante desse impedimento, o governo teve que inserir na logomarca a IçaraFest , iniciado em gestões anteriores e iria para a quarta edição.

Em princípio os organizadores divulgavam apenas o evento como Agromel, como ocorreu as inscrições para rainha da festa, até abril deste ano desde que foi lançado. Porém, como a liberação do recurso para Agromel foi negada, a Administração teve que inserir a IçaraFest que já teve três edições realizadas. “Nós vimos nas redes sociais e nas publicações no próprio site da prefeitura aí de Içara que eles estavam divulgando era a Agromel, mas este evento não preenche os requisitos”, comentou o analista técnico de convênios do Ministério do Turimo, Paulo Marcondes Freitas Silva ao site OIçara.

Segundo consta no portal de convênios no dia 8 de maio, o Ministério recomenda a troca do objeto, ou seja, a saída da Agromel e a entrada da IçaraFest no lugar. No dia 9, solicita as comprovações do histórico do evento como publicações, material de divulgação, entre outros e, por fim, no dia 23, ainda solicitava tais documentos. Não houve novas atualizações no portal. Diante disso, o Governo Municipal passou a inserir na logomarca do evento e em todas as publicações a IçaraFest.

Marcondes também acrescentou que a proposta já não estava mais no setor dele, por isso não poderia dar maiores informações a respeito do desfecho do referido convênio. 

Em duas oportunidades representantes do Governo Municipal solicitaram o arquivo do Jornal Içarense, com certeza, para comprovar as publicações do IçaraFest.

A Agromel custaria R$ 850 mil, sendo R$ 300 mil do Ministério do Turismo, R$ 150 mil do Governo Estadual, R$ 150 mil da Administração e R$ 250 mil da iniciativa privada.

Frase
“O Governo está aberto ao diálogo e com a união de esforços Santa Catarina vai se reerguer. “Em nenhum momento faltou decisão. Agendas foram suspensas para dedicação exclusiva, para manter tudo em funcionamento e equilíbrio, sabendo o momento certo de agir. (Governador Eduardo Moreira MDB) sobre o fim dos 11 dias de paralisação dos caminhoneiros em Santa Catarina).

Outras NOTÍCIAS

Florianópolis (SC) - O Comitê de Crise criado para acompanhamento e integração das ações dos três Poderes e órgãos estaduais para a garantia dos direitos dos catarinenses diante da greve dos caminhoneiros foi desfeito. O Ministério Público de Santa Catarina fez parte do grupo.

Curitiba (PR) - O tenente Valmir Moraes da Silva, da equipe de segurança do ex-presidente Lula da Silva, disse ao juiz Sergio Moro que o petista esteve no sítio de Atibaia (SP) em 72 finais de semana, de 2012 a 2015. Ele prestou depoimento como testemunha de defesa no processo que investiga Lula.

MASO NYETTO
Postado por MASO NYETTO


CDL Içara