Celesc trabalhar para recuperar sistema após ventos

09 Jun, 2017 09:42:22 - Geral

Florianópolis (SC)

Os ventos que atingiram o Oeste e a Serra Catarinense, na madrugada desta quinta-feira, 8, causaram quedas de árvores, destelharam centenas de casas e provocaram danos ao sistema elétrico da Celesc.

No pico do problema, às 5h30, cerca de 85 mil unidades consumidoras (aproximadamente 3% do total atendido pela companhia no Estado) estavam sem abastecimento de energia na área de concessão da Empresa. Às 18h, esse número caiu para 15.274 nas regiões mais castigadas pelo temporal, com destaque para as o Oeste, o Planalto Serrano e o Planalto Norte.

Ao longo do dia, 240 equipes da Celesc e de empreiteiras — um efetivo 30% maior que média para o atendimento normal — foram se revezando no trabalho de restabelecimento do sistema elétrico atingido. Na região de São Miguel do Oeste, uma das mais afetadas, os ventos provocaram uma interrupção na Linha de Transmissão Pinhalzinho - Palmitos, que abastece as subestações de Palmitos e Mondaí, responsável pelo fornecimento de energia a 40 mil unidades consumidoras. O problema ocorreu com a queda de um eucalipto sobre a Linha de 138.00 Volts, em uma área de reflorestamento, na parte rural do município de Cunhataí.

A linha já está operando normalmente e os demais estragos do sistema, na média tensão, estão sendo resolvidos. Ao todo, 32 equipes da Celesc foram deslocadas pela Agência Regional de São Miguel do Oeste para atender as unidades consumidoras atingidas pelo problema. Às 17h30, o número de unidades atingidas havia caído para 4.493. A previsão é de que, ainda nesta quinta, o atendimento seja feito em quatro mil unidades e que sejam totalizados durante o dia de sexta-feira, 9.

Na região de Lages, equipes da Celesc também atuam para restabelecer o fornecimento de energia elétrica para 6,5 mil unidades consumidoras que permanecem sem atendimento no Planalto Serrano, principalmente nos municípios da divisa com o Rio Grande do Sul (Campo Belo do Sul, Capão Alto, Cerro Negro, Celso Ramos e Anita Garibaldi).

Os registros mostram que a maior parte dos danos foi causada por árvores e objetos (resto de telhados, placas, entre outros) lançados sobre a rede elétrica pela força dos ventos, causando avarias a diversos componentes do sistema. Em função disso, as equipes da Celesc estão alertas também para a forte instabilidade que atinge a região serrana, com previsão de se deslocar para o litoral.

Mais informações sobre o volume de ocorrências na ferramenta Em Tempo Real:http://celgeoweb.celesc.com.br/mapas/home/

Contato com a Celesc:

O cliente pode ligar para o Call Center no telefone 0800 48 0196 ou enviar um SMS para o número 48196 com a mensagem SEM LUZ + o número da Unidade Consumidora.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança