• CEDCA empossa conselho que atuará no biênio 2017/ 2019

CEDCA empossa conselho que atuará no biênio 2017/ 2019

18 Mai, 2017 17:01:50 - Geral

Florianópolis (SC)

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) empossou na manhã desta quinta-feira (18), os conselheiros que atuarão na gestão do biênio 2017/2019. A primeira plenária ocorreu ainda no período da tarde e tem como presidente do Conselho a Major Arlene da Silva Vilela e a vice Elaine Paes e Lima.

O Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente tem composição paritária e é constituído por: dez (10) representantes de Órgãos do Poder Executivo e dez (10) representantes de entidades não-governamentais de âmbito estadual e ou regional, que desenvolvam ações voltadas ao atendimento, à promoção, à proteção, à defesa, à garantia e ou ao estudo e pesquisa dos Direitos da Criança e do Adolescente.

A coordenadora geral do Conselho Estadual dos Direitos da criança e do Adolescente, Elaine Paes e Lima, relatou que os desafios são muitos e destacou os grandes avanços. “A sensibilização das pessoas quando o assunto é denúncia é uma das conquistas que alcançamos nos termos de proteção. Temos que buscar mais e mais, para defender cada vez mais as nossas responsabilidades”, pontuou ela.

O secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, deputado estadual Valmir Comin falou da importância dos voluntários neste trabalho de defesa dos direitos das crianças e adolescentes. Citou que em Santa Catarina são quase 1 milhão de pessoas que se dedicam a fazer o bem ao próximo, sempre com seriedade a frente de instituições. “Estamos decidindo pela vida de pessoas que não tem como se defender. Parabenizo aos que estão entrando neste conselho, aos que já trabalharam pela causa e reforço que vocês podem contar conosco, nossas portas sempre abertas e vamos juntos enfrentar o problema”, relatou Comin.  

O promotor do Ministério Público, Marcelo Wegner, elogiou o conselho pela ampliação da autonomia e empoderamento e destacou a importância de mais trabalho. “Não podemos esquecer a importância do diagnóstico das políticas públicas de proteção as crianças e adolescentes. Precisamos cobrar mais, melhor qualidade na educação, melhor transporte escolar. Mesmo voluntários todos têm muitas obrigações”, disse ele.    

O presidente da Comissão Parlamentar de Defesa dos Direitos da criança e do Adolescente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Deputado Estadual Serafim Venzon, que quando foi secretário conseguiu entender melhor o sistema e pediu união aos voluntários para contribuir com melhorias. “Relembro o discurso do Papa, que falou que o mundo precisa de Santos. E só somos Santo quando fazemos o que pode e precisa ser feito pelo próximo”, destacou.   

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/ DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

EXPRESSO COLETIVO ICARENSE