• Cartilha contra a violência da mulher é lançada em Siderópolis

Cartilha contra a violência da mulher é lançada em Siderópolis

28 Ago, 2017 09:36:56 - Segurança

Siderópolis (SC)

Foi lançada na manhã de sexta-feira, 25, em Siderópolis, a Cartilha “Viver e não ter a Vergonha de ser Feliz”, que traz informações sobre como combater a violência contra a mulher. A cartilha faz parte dos encaminhamentos dados pelo vereador Claudemir de Souza, o Peninha, após a aprovação e sanção da Lei 2.234/17, que instituiu no município todo dia 25 de cada mês como um “Dia Laranja pela eliminação da violência contra as mulheres”. De acordo com o vereador, “o objetivo é trazer à discussão todas as formas de combater a violência contra a mulher, que apesar dos avanços nos direitos e até a criminalização da ação, ainda é muito constante em todo mundo e até mesmo em Siderópolis”.

O lançamento da cartilha foi feito no Centro Social Urbano e contou com a presença de diversas autoridades, professores e estudantes. O material gráfico foi distribuído entre os participantes e também será entregue em sedes de entidades e diretamente nas escolas. “Todo dia 25 de alguma forma iremos lembrar desse assunto e buscar alternativas para reduzir números. Cada mês uma entidade ficará responsável por chamar a discussão”, acrescentou o vereador, autor da Lei.

“Devemos combater a violência todos os dias e qualquer tipo de agressão deve ser penalizada. É inaceitável que ainda ocorra violência contra mulheres, contra crianças, contra idosos e contra qualquer pessoa ou animal. Precisamos de uma sociedade mais justa e igualitária e o Governo Municipal será parceiro nessa luta”, enfatizou o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão, que participou do encontro ao lado do vice-prefeito Xande Feltrin e dos gestores municipais. A coordenadora Estadual de Mulher, Aretuza Larroyd, também participou do lançamento da cartilha e destacou a importância de chamar atenção para o assunto. “Siderópolis saiu na frente em relação a essa discussão que afeta diretamente a sociedade. É preciso combater a violência em qualquer nível e levar essas informações é de fundamental importância”, afirmou a coordenadora.

TEXTO/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança