• Campeão mundial de slackline faz apresentação para alunos

Campeão mundial de slackline faz apresentação para alunos

02 Ago, 2018 15:48:38 - Esporte

Criciúma (SC)

O aluno do Colégio Unesc Alexandre Macarini, voltou da Alemanha há poucas semanas trazendo na mala o primeiro lugar na categoria profissional do World Slackline Master, conquistado pelo atleta de 17 anos e seu parceiro no esporte Alisson Ferreira, de Minas Gerais. E na manhã desta quinta-feira (2/8), Alexandre mostrou a sua habilidade em manobras de arrancar aplausos dos colegas de sala e demais alunos do Colégio Unesc, em uma apresentação especial para estudantes e professores.

“Para nós é um orgulho ter alunos que se destacam no esporte. Somos incentivadores dos nossos estudantes a serem atletas sem descuidar dos estudos. A trajetória do Alexandre pode motivar outros alunos no slackline, mas sobretudo, mostra que com disciplina e dedicação os sonhos podem sim ser alcançados”, afirma a coordenadora geral do Colégio Unesc, Marlene Pires.

Segundo ela, o Colégio Unesc possibilita a todos os seus alunos atletas que participem de competições sem prejudicar o ano letivo. Para isso, os professores se disponibilizam a passar os conteúdos e realizar avaliações necessárias em períodos extras. Alexandre, por exemplo, recuperou as aulas durante as férias de julho.

Com apenas quatro anos no esporte, Alexandre é o melhor do mundo

Competidor na modalidade trickline, onde o atleta dá saltos mortais, Alexandre iniciou no slackline há quatro anos e em sua segunda competição no exterior já conquistou o lugar mais alto do pódio do campeonato que equivale a Copa do Mundo de futebol no esporte. “O esporte existe há apenas 11 anos e no Brasil chegou recentemente. E conhecer atletas que admiro, fazer contato com pessoas do esporte e aprender mais na Alemanha, que é o berço do slackline já foi sensacional. E ainda ser campeão do World Slackline Master foi a felicidade completa”, comenta.

O foco agora, segundo ele, é melhorar mais e ampliar o seu desempenho mirando em novas competições. “No Outdoor European Slackline Masters que disputei ano passado na Alemanha, observei como os melhores faziam, seu ritmo e depois dele, eu e minha treinadora (Jeanine Paris Miranda) focamos nos treinos para melhorar. Esse ano consegui vencer o World Slackline Master, mas não vou me acomodar. Chegar ao topo é fácil comparado ao que é se manter lá”, afirma.

TEXTO E FOTO/ ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança
CDL