Campanha do MPSC ganha destaque no Campeonato Catarinense de Futebol

18 Abr, 2019 15:07:58 - Geral

Florianópolis (SC)

Os dados referentes aos casos de violência contra a mulher e de violência doméstica em Santa Catarina assustam. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SC), entre janeiro e novembro do ano passado foram registrados 105.474 casos de violência doméstica e outros 21.077 de violência contra a mulher. Apesar de já existir a Lei n. 11340/2006 - popularmente conhecida como Lei Maria da Penha - que combate a violência doméstica, a legislação ainda não é suficiente para erradicar este problema.

Com o objetivo de combater a violência contra a mulher, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) em parceria com a Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa, lançou a campanha "Pô cara, não faça!". Os times Avaí e Chapecoense aderiram à campanha e irão divulgá-la jogo da final do Campeonato Catarinense de Futebol por meio das redes sociais e mídias eletrônicas, como os telões e a sonorização dos estádios.

O intuito é atingir especialmente as áreas envolvendo campos de futebol e o público masculino frequentador, a fim de sensibilizar os homens sobre a gravidade da violência e conscientizá-los acerca das consequências. Assim, haverá maior disseminação do desrespeito aos direitos constitucionais das vítimas de violência doméstica, bem como a promoção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Para o promotor de Justiça Thiago Carriço de Oliveira, responsável pela iniciativa, "os estádios são lugares com grande concentração de homens e por isso se torna o local adequado para divulgação da campanha. O objetivo é que os homens possam sensibilizar uns aos outros sobre a gravidade dessa cultura de violência". 

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

JInews