• Campanha de vacinação contra a gripe registra 72,16% de cobertura

Campanha de vacinação contra a gripe registra 72,16% de cobertura

24 Mai, 2017 14:01:33 - Geral

Florianópolis (SC)

A três dias do encerramento da 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, 379.467 pessoas ainda não foram imunizadas no estado. Elas pertencem aos grupos prioritários que incluem idosos, crianças de seis meses e menores de cinco anos, gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), trabalhadores de saúde, professores, indígenas. A cobertura vacinal, até o momento, é de 72,16%. A campanha encerra-se na próxima sexta-feira, 26.

"Esse resultado está abaixo do esperado para o período, já que a meta da campanha é imunizar 95% da população-alvo. Nossa maior preocupação é com a prevenção, imunizando essas pessoas que são as mais vulneráveis em relação à exposição ao vírus Influenza”, afirma Vanessa Vieira da Silva, gerente de Imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Da população estimada de indivíduos com comorbidades, ou seja, portadores de doenças crônicas ou com condições clínicas especiais*, 109.578 ainda não buscaram a vacinação nos postos de Santa Catarina.

No site www.gripe.sc.gov.br, além de informações sobre a doença, as formas de prevenção e tratamento, há a lista completa das salas de vacina existentes em Santa Catarina, tanto da rede pública como das unidades privadas credenciadas pela Dive para comercializar as vacinas.

*Indivíduos que apresentem pneumopatias (incluindo asma); cardiovasculopatias; nefropatias; hepatopatias; doenças hematológicas; distúrbios metabólicos; transtornos neurológicos e do desenvolvimento (como epilepsia, paralisia cerebral, síndrome de Down, entre outros); obesidade; imunossupressão associada a medicamentos; neoplasias; HIV/AIDS ou outros e pacientes com tuberculose, de todas as formas.

A gripe em SC

O número de casos de gripe pelo vírus Influenza em Santa Catarina vem aumentando nas últimas semanas. De janeiro a maio, foram notificados 491 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave em Santa Catarina, de acordo com o Informe Epidemiológico n008/2017- Vigilância da Influenza, divulgado na última pela Dive.

Destes, 94 (19,1%) foram confirmados para Influenza, sendo 1 (1,1%) pelo vírus Influenza A(H1N1)pdm09, 86 (91,5%) pelo vírus A(H3N2), 1 (1,1%) estão aguardando subtipagem para identificação do tipo de vírus Influenza A e 6 (6,4%) pelo vírus Influenza B. Dos casos confirmados, 60 apresentavam algum fator de risco associado. A maioria era de idosos (34 casos), seguidos por doentes crônicos (12 casos). Do total, 66 evoluíram para a cura, 14 ainda estão aguardando a evolução e 11 foram a óbito. 

TEXTO/ASSESSORIA DE IMPRENSA
FOTO/DIVULGAÇÃO

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

GIASSI