• Após projeto, SCFV implantará horta no Cras do bairro Renascer

Após projeto, SCFV implantará horta no Cras do bairro Renascer

18 Mai, 2017 16:30:34 - Geral

Criciúma (SC)

O consumo de vegetais traz grandes benefícios à saúde. Se esses alimentos são orgânicos, produzidos perto de casa, melhor ainda. Por isso, em parceria com a comunidade, as crianças e adolescentes que frequentam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), mantido pela Associação Feminina de Assistência Social de Criciúma (Afasc), junto ao Centro de Referência em Assistência Social (Cras) do bairro Renascer, colocarão as mãos na terra para criar uma horta no local. A ideia surgiu após o início do projeto “O meu, o seu, o nosso espaço”, que foi apresentado recentemente aos moradores.

Na tarde dessa quinta-feira (18), todas as atenções se voltaram para a residência de José Carlos Tirloni da Rosa, que possui uma grande horta e se colocou à disposição para explicar tudo sobre o plantio aos frequentadores. “Já temos o espaço pronto, agora vamos produzir as mudas e começar a plantar”, explica a orientadora social Rossana Carla Bottini, informando que os primeiros pés serão de alface, salsa e cebola verde, couve e almeirão branco. “Também já preparamos tudo para termos uma parreira de chuchu”, lembra.

Os alimentos que serão produzidos já têm um destino. “Nosso objetivo é utilizar na alimentação das crianças e adolescentes, pois cada uma faz duas refeições durante o período em que permanece no SCFV”, ressalta. “Eles ficaram muito felizes e empolgados quando souberam que irão produzir parte da própria comida”, frisa.

Preocupação com o meio ambiente

Durante o lançamento do projeto, que reuniu, além dos profissionais do SCFV e os frequentadores, os pais e comunidade, todos receberam mudar de árvores frutíferas ou ornamentais, destinadas pela Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri), através do Horto Municipal.

Para evitar a poluição ambiental, também foi iniciada a coleta do óleo de cozinha usado, que será utilizado na fabricação de sabão artesanal. Por isso, qualquer morador do bairro pode ir até o local e entregar a substância, ao invés de jogar o produto no esgoto comum.

TEXTO/ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
FOTO/ DIVULGAÇÃO

 

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

EXPRESSO COLETIVO ICARENSE