• Ações do projeto de incentivo ao voluntariado começam em SC

Ações do projeto de incentivo ao voluntariado começam em SC

12 Fev, 2020 17:31:21 - Santa Catarina

Florianópolis (SC)

Eliza ainda nem nasceu, mas as primeiras roupinhas da futura catarinense já estão sendo produzidas. Como a família pediu ajuda por não ter condições de comprar, o grupo Dorcas assumiu a missão de confeccionar as peças para atender às necessidades do bebê e de outras quase 200 crianças na mesma situação. Na semana passada, o trabalho ganhou o reforço dos alunos do Curso de Formação de Soldados do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Eles se inscreveram no projeto Pátria Voluntária, iniciativa do Governo Federal de incentivo ao voluntariado que em Santa Catarina é liderado pela primeira-dama, Késia Martins da Silva.

A tarefa dos alunos soldados é fazer a triagem e cortar nos tamanhos adequados os retalhos que chegam por meio de doações ao grupo Dorcas. A partir disso, as 25 voluntárias passam a contar com material na medida para confeccionar as peças que vão compor os kits. A cada mês, mais de 15 deles são produzidos, beneficiando bebês de Florianópolis por meio das congregações da igreja Assembleia de Deus, apoiadora do projeto Dorcas. O conjunto inclui edredon, jogo de lençol, toalha de banho, cobertor, fralda, casaquinho, meia, sapato, entre outros itens.

Trabalhar pelo bem do próximo não é novidade para a aluna soldado Amanda Caroline de Miranda. Ela já tinha ajudado familiares e amigos em campanhas de arrecadações de alimentos e agasalhos para doar a asilos. Agora, é uma das voluntárias na confecção dos kits para as crianças da Capital.

"Doar-se pelo outro é algo que nossa profissão de bombeiro militar já tem na própria essência. Esse pequeno gesto pode mudar a vida de uma pessoa, fazer a diferença, e dá uma grande gratificação", afirma a aluna soldado.

O voluntariado é aberto a qualquer pessoa, independentemente de religião, condição financeira ou local de moradia. "São de 150 a 200 kits por ano para mães carentes que vão ter filhos e precisam de enxoval para os bebês. O Pátria Voluntária amplia o alcance desse projeto. A capacidade de produção é muito maior por causa da captação de voluntários por meio do projeto", detalha Filipe Cechinel, pastor da Assembleia de Deus de Florianópolis.

Como participar

As atividades do programa Pátria Voluntária serão desenvolvidas até o dia 1º de março. Cinco instituições catarinenses participam: Serte, AVOC Cepon, Hemosc, AFLODEF e Grupo Dorcas da AD Floripa. Para participar, basta se cadastrar no site www.patriavoluntaria.org e na aba “Sou voluntário” escolher uma ou mais instituições que queira ajudar.

"Às vezes a gente acha que uma ajuda não será tão válida, mas só o fato de vir aqui, separar um material e cortar um tecido, já adianta muito o trabalho e com certeza mais kits poderão ser produzidos ao longo do ano, beneficiando mais pessoas", conclui a aluna soldado Miranda.

ASSESSORIA DE IMPRENSA

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança