• A formação cidadã sobre o trânsito em escolares

A formação cidadã sobre o trânsito em escolares

12 Jun, 2018 14:44:10 - Artigo

A escola é um espaço de interação, que emerge espírito de comunidade, descobertas e construção. Nessa comunidade as crianças vivenciam, através do lúdico, a resolução de problemas reais. Em uma proposta de cooperação entre os alunos participantes, que é a essência de viver socialmente, as crianças constroem, na escola, noções de respeito, igualdade, tolerância, solidariedade e cidadania.

Para que isso aconteça é preciso traçar rotas formativas que possibilitem a todos a convivência, a identificação e a incorporação de valores.  Através de espaços de aprendizagem planejados, as crianças experimentam diferentes comportamentos sociais, e estes são acompanhados pelo olhar atento da professora que orienta, prova e ensina a questionar, sobretudo em relação às questões que ultrapassam  interesses particulares e dizem respeito ao bem comum.

É o caso do trânsito. Mesmo ainda muito distante de viverem experiências como motoristas, as crianças observam o comportamento do adulto e criam suas primeiras referências enquanto cidadãos. Sabemos que os primeiros e maiores exemplos são os adultos responsáveis, criando hábitos que podem ser saudáveis, positivos e construtivos, ao mesmo tempo em que podem trazer más influências, mesmo nos pequenos gestos.

Por isso, o trabalho com a formação destes futuros motoristas, mas já cidadãos, é tão importante. A conscientização sobre a segurança no trânsito é formada a partir de várias atividades e ideias construtivas, dentro da família e da escola, ensinando sobre a importância de, no transito, cuidar de si mesmo e das demais pessoas.

Uma das formas mais eficazes de gerar consciência é o brincar. A ludicidade, o faz de conta, permite que a criança perceba-se no lugar do adulto que ensina e, assim, consiga compreender a proposta educativa, de forma mais clara.

Capazes de opinar, criar e conscientizar, as crianças aprendem, brincando, que além de direitos, todo cidadão tem também deveres. No caso da criança, o uso da cadeirinha no banco de trás, do cinto de segurança,  o cuidado ao atravessar a rua na faixa de segurança  e de saber esperar o momento seguro para fazer as travessias.

Também podemos mencionar a importância da gentileza no trânsito. Adultos e crianças precisam ser mais gentis para que essa atitude seja multiplicada. O cuidado, o respeito e a responsabilidade do motorista e do pedestre ao conviverem no trânsito, são essenciais para reduzir acidentes.

Em parceria com as famílias, a escola aborta temáticas do cotidiano das crianças fortalecendo os conhecimentos que são adquiridos ao longo da jornada estudantil e de vida de cada pequeno cidadão. Embora cada instituição tenha o seu papel, os valores precisam ser mutuamente trabalhados para que a consciência responsável seja cada vez mais estabelecida na vida de cada criança.

Roberta Somensi Sganderla
Coordenadora psicopedagógica no Colégio Marista São Francisco, do Grupo Marista

REDAÇÃO JINEWS
Postado por REDAÇÃO JINEWS

Tudo o que acontece em Içara, Balneário Rincão e na região você encontra primeiro aqui!

Cooperaliança